HOME /

Blog

Negócio
Dois é bom, três é demais! BHS entre as melhores empresas para trabalhar
Ler Artigo
Tecnologia
Saiba como a BHS melhorou a Agência Virtual da Cemig, o Cemig Atende, e deu autonomia aos usuários do sistema
Ler Artigo
Sem categoria
Promoção Microsoft: tenha 10% de desconto em soluções Microsoft.
Ler Artigo

Filtre os artigos pelo segmento desejado

Sem categoria

Existe vida após o trabalho? Descubra como Jonas resolveu este desafio.

Quem de nós, neste universo corporativo, já deixou de se relacionar com pessoas? E às vezes a culpa não é nossa, é o dia a dia frenético que não permite esta socialização. Parece muito obvia essa informação, mas neste mundo contemporâneo, com desafios múltiplos, o que mais surpreende é como existem pessoas que deixam de se relacionar com seus semelhantes. Existem profissionais que se trancam em seu ambiente e não recebem pessoas, ou se limitam a pouquíssimos contatos. Mas por que? E como ter mais resultados no trabalho e mais tempo para a vida pessoal? Hoje, vamos contar a história do Jonas, personagem fictício, mas que poderia ser qualquer um de nós (o nome não é proposital, mas talvez por Jonas ter sido um personagem bíblico que viveu um grande desafio que foi sair da barriga de uma baleia, ele poderá ser útil mais adiante). Jonas é um gerente administrativo de uma média empresa, tem 36 anos, casado e pai de duas crianças. Ele sai de casa todos os dias às 7h da manhã, deixa os filhos na escola e corre para o trabalho. Sua jornada é intensa e praticamente não tem tempo para se relacionar com os colegas do próprio trabalho e tão pouco com seus amigos. Quando chega em casa no final do dia, aliás, bem depois do final do dia, a esposa já colocou as crianças para dormir e ele mal tem tempo para conversar com sua mulher. No ambiente de trabalho, ele está sempre apressado, entrando e saindo de reuniões, preparando planilhas e apresentações infinitas, que quase sempre não trazem as informações necessárias para que ele responda as perguntas que seu diretor e acionistas querem saber para tomarem decisões mais assertivas. Haja frustração! Existe em Jonas um sentimento muito grande: que ele jamais vai conseguir sair da barriga desta baleia (qual o tamanho da sua baleia?). Se você de alguma forma está se identificando com Jonas ou tem alguma amiga ou amigo que é o próprio Jonas, pode ter certeza que não é mera coincidência. A maioria de nós, atuantes no mercado de trabalho, somos mais condicionados a reação do que a ação, e talvez a pergunta mais emblemática neste momento seja: somos vítimas ou protagonistas do nosso meio? Estou sempre argumentando que não tenho tempo, que a culpa não foi minha ou tenho uma atitude positiva e assumo a responsabilidade em fazer o que é necessário para virar o jogo?   Vire o jogo – tome decisões mais assertivas Todos nós produzimos e acessamos muitos dados, mas poucos de nós tem realmente a convicção de que estamos transformando estes dados em informação e consequentemente em conhecimento que seja de fato útil para nossas empresas tomarem decisões mais seguras. Se você se sente como o Jonas, com uma sensação que não consegue ser mais produtivo e assertivo, você precisa refletir quais ferramentas e processos você tem utilizado para que você seja mais estratégico e agregue mais valor para seu negócio ou empresa. Se você não quer ser o Jonas da sua empresa, e tem vontade de ter mais tempo para sua família, para os amigos e para construir relacionamentos que vão te dar uma melhor projeção de vida, podemos te ajudar no seu desafio empresarial, podemos te oferecer uma solução que seguramente vai lhe poupar horas do dia em descobrir qual a causa raiz de uma série de desafios que sua empresa ou seu departamento enfrentam. Para saber como, clique aqui.
Ler Artigo
Negócio

O que você não sabe sobre sua empresa e deveria saber

Um dos maiores desafios de um empresário ou de um gestor é ter a certeza que seu negócio está no caminho certo. São tantas incertezas e variáveis que nem sempre se tem a garantia que as metas serão atingidas. Aliás, as duas primeiras perguntas são: sua empresa tem metas bem definidas? Com base em quais parâmetros ou critérios? O dia a dia de uma empresa, independente do porte, é tomado por uma série de atribuições e tarefas que acabam entrando numa rotina frenética resultando em cada vez menos tempo para se pensar no planejamento estratégico ou até mesmo em uma análise mais refinada das centenas ou milhares de dados que a empresa tem e que indubitavelmente gerariam mais valor para o negócio. Ouvimos todos os dias que o país está em crise. Outro dia recebemos um artigo cujo o título trazia a seguinte mensagem: “O Brasil está tecnicamente quebrado – e você precisa agir para não quebrar também”. Confesso que é assustador ler um artigo como este se não estamos seguros da forma com a qual gerenciamos nossas empresas. Gosto muito da frase dita por William Deming, professor estadunidense: “Não se gerencia o que não se mede, não se mede o que não se define, não se define o que não se entende, e não há sucesso no que não se gerencia” Dentro deste contexto, percebemos que há um desafio muito grande para as empresas, de todos os portes, conseguir analisar e entender seus dados, transformando-os em informações que permitam tomadas de decisão mais assertivas. Exemplos de perguntas que temos feito para vários empresários e gestores e que normalmente as respostas são vagas, incertas ou em algumas vezes inexistentes são: Você sabe qual a real lucratividade da sua empresa? Você sabe quem são os clientes que mais dão lucro ou prejuízo? Você sabe aonde eles estão? Você sabe quais são os produtos ou serviços com maior faturamento versus lucratividade? Você consegue fazer projeção de resultados com base numa série histórica? Qual a sazonalidade comportamental do seu negócio? Você consegue analisar dados externos e cruzar com dados internos para definição de investimentos? Você tem definição clara de indicadores por área? Você consegue acessar e ter informações dinâmicas que permitam velocidade de tomada de decisão?   Se você se familiariza com estes desafios, queremos tranquiliza-lo. Já ouviu falar em Business Intelligence? Business Intelligence ou simplesmente BI, pode ser interpretado como a Inteligência dos negócios. Em outras palavras, são ferramentas e processos que auxiliam as empresas na estratificação e análise de dados, de diversas fontes, com o objetivo de tomada de decisão cada vez mais elaborada e precisa. Independente do porte da sua organização, o ponto comum é que cada vez somos nutridos com mais e mais dados e extrair informações destes com mais velocidade, riqueza de detalhes e sem onerar a empresa é um desafio contemporâneo e uma crescente demanda dos vários departamentos. Dito isso, e com o objetivo de tornar esta análise de dados cada vez mais dinâmica, a empresa norte americana, Tableau, desenvolveu o conceito de self service BI. As soluções da Tableau foram criadas para dar mais velocidade a análise e interpretação das centenas de dados existentes, permitindo que cada departamento tenha a autonomia de chegar às suas próprias conclusões sem necessariamente depender da área de tecnologia da informação para geração de relatórios. O Tableau é uma solução bastante intuitiva e de fácil manuseio, a qual permitirá que você, gestor, colaborador ou empresário, descubra de forma rápida quais são as áreas de oportunidades do seu negócio. Voltamos a pergunta: Você sabe tudo sobre sua empresa para tomar decisões acertadas? Se não está seguro, clique aqui.
Ler Artigo
Negócio

Descubra o Project Online e faça dele seu aliado em tempos de crise

Em breve, você vai ter a oportunidade de desenvolver novas soluções, perceber pontos de melhoria e acompanhar com eficácia a performance do seu negócio. Em um evento com estratégia centrada em projetos, a BHS irá te mostrar como o Project pode ser seu aliado em tempos de crise. Você poderá conhecer todos os benefícios do Project Online e Project 2016. Falaremos sobre priorização de demandas e investimentos, gestão de projetos e portifólio, roadmap de produto e relatórios e dashboards usando PowerBI. O evento acontecerá no dia 9 de março de 2016 e logo você poderá garantir a sua participação. Enquanto isso, confira mais algumas informações sobre o evento abaixo: Agenda 09h00 – Abertura pela Microsoft 09h30 – Introdução ao Project Online 10h10 – Coffee Break 10h30 – Roadmap do Project Online 11h10 - Construindo e consumindo dashboards do Project Online usando o PowerBI 12h – Encerramento Endereço Av. Raja Gabaglia, 4343 – 4º andar, em Belo Horizonte/MG.
Ler Artigo
Produtividade

Mantenha seus dados atualizados

Mantenha a segurança dos seus dados, agora é a hora de fazer a atualização para o SQL Server 2014 e continuar a receber as atualizações de segurança. Com o fim do suporte do SQL Server 2005, seu banco de dados ficará vulnerável a ameaças de vírus virtuais, já que as atualizações de segurança e hotfixes não estarão mais disponíveis por meio da Microsoft. Com a atualização para o SQL Server 2014, além de manter a segurança e a conformidade dos seus dados, você terá: Uma versão muito mais completa e que não se limita a um simples banco de dados; Recursos de BI integrados e exclusivos, que permite a obtenção de insights a partir de qualquer dado, com a familiaridade do Office e o poder da nuvem; Ganhos de desempenho, disponibilidade, segurança e escalabilidade.   Quer saber mais sobre o fim do suporte ao SQL Server 2005? Entre em contato conosco: comercial@bhs.com.br (31) 3071-9060 Temos os recursos e a equipe qualificada de que você precisa para planejar uma atualização bem-sucedida.
Ler Artigo
Tecnologia

Como economizar com uso de backup em nuvem híbrida

Mais cedo ou mais tarde, a sua empresa precisará lidar com algum problema que afeta os dados. A melhor forma de evitar qualquer tipo de desastre é se precaver. Construir uma abordagem de backup e recuperação suportada por elementos de cloud híbrida pode salvar seus dados, sua reputação e seu dinheiro. Essa prática se tornou algo confiável, que funciona tanto para proteção quanto para recuperação de informações, reduzindo a minutos o que antes levava dias ou semanas. Construir uma abordagem de backup e recuperação suportada por elementos de cloud híbrida pode salvar seus dados, sua reputação e seu dinheiro. O processo de backup em nuvem híbrida gera um armazenamento local e outro replicado em ambiente externo. Assim, é possível manter os seus dados em casa, protegidos por firewalls pré-existentes, protocolos de segurança e criptografia inerentes aos seus sistemas. Ao mesmo tempo, através do envio de dados criptografados para os centros de dados dedicados, é possível assegurar que há cópias redundantes dos registros sendo protegidos em segundo site. Dessa forma, é possível utilizar de forma instantânea o backup dos arquivos enquanto sua equipe trabalha para consertar seus equipamentos internos - algo que pode diminuir ou eliminar o tempo de inatividade, possibilitando a contínua gestão dos seus dados e aplicações. O armazenamento na nuvem é quase infinito e os investimentos iniciais em uma abordagem de nuvem híbrida são relativamente baixos. Ter ambiente redundante é fundamental para uma estratégia de segurança e recorrer a essa prática pode minimizar gastos e trazer agilidade nos processos de recuperação da operação. computerworld.com.br
Ler Artigo
Anterior Próximo